16 de abr de 2009

Aguada


Aguada*
Por quê? Não mo disseram,
localizá-la é um labor,
atingi-la, uma aventura,
conhecê-la, um esplendor.

Entre os labirintos que a circundam,
cortados pelo “ouro negro” que a asfixia,
realçados pela brancura silícia das suas vias,*
encontra-se prisioneira:
do homem, da natureza e da economia.

A Natureza, através do homem,
dotou-a de atrativos mil,
suas frutas são deliciosas...
mas custam-nos muitos carões.

Em seus domínios o machismo é superado,
os “carinhas” são passados para traz,
tal como o rio e o oceano,
tal como o empregado e o patrão,
nem mesmo escapa o menor dos irmãos...

Em meio a essa fantasia
humor é que não falta:
José que dança com a falsa Maria,
da perda nem Judas se safa.

Aguada pode ser:
enigma e encanto,
vassalo e senhor,
natureza e transformação,
riso e dor,
algema e libertação,
mas é: um grito que irrompe no peito e...
atinge o coração!

Autor:Nilson Nascimento

*Aguada, povoado do município sergipano de Carmópolis (distante 47 km da capital Aracaju). Eis a nossa homenagem à Aguada, povoado onde passei quase toda a minha infância e adolescência. Terra dos meus avós paternos.

**Quando esse poema foi escrito em 1986, as ruas do Povoado Aguada era pavimentada por paralelepípedos, por isso, o autor ao visitar o Povoado pela primeira vez, referiu-se a “brancura silícia das suas vias”.

Obs:Se algum cidadão Aguadense tiver uma foto do Povoado para doar, serei grata.
Imagem:http://fr.dreamstime.com/free

Um comentário:

  1. Há corações que param no passado;
    e para que isto não
    aconteça com você deixo-lhe este
    pequeno lembrete, para que o
    seu coração, ao mover-se no futuro,
    encontre sempre algo no
    presente.

    Fim de semana iluminado.

    beijooo.

    ResponderExcluir

O seu comentário é muito importante para mim. Obrigada!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Anjos do Toque

Toques Iluminados e Amigos