26 de mai de 2009

Crianças Índigo


“A energia dos Indigo é uma energia de ruptura com antigas formas de ensinar. (...) Obriga-nos a questionar as coisas, a mudar a forma como procedemos e ate a forma de vivermos, com vista a um maior crescimento e progresso.” (Prof. Dra. Maria Antónia Jardim)Fonte:http://www.casa-indigo.com

Temos aberto o nosso espaço para escrever sobre as crianças índigo. Nos anos 70 aproximadamente, psicólogos, psicoterapeutas e pedagogos perceberam em diversas partes do planeta a presença de uma geração de crianças hiperativas, rebeldes que logo “diagnosticaram” como crianças necessitadas de cuidados médicos. Anos depois, outros psicólogos chegaram à conclusão de que se trata de uma geração espiritual e especial que vem ajudar a humanidade no momento de grande transição e de expiações no mundo. Segundo a doutora Nancy Ann Tape, dá-se o termo “criança índigo” porque essas crianças possuem uma aura na tonalidade azul que lembra a dos blue jeans. Esse termo também foi popularizado por Lee Carroll que as descrevem como crianças que portam capacidades intelectuais e comportamentais peculiares como: não adaptação aos métodos de ensino tradicionais por estarem muito “adiantadas” em relação aos colegas e professores, possuem conhecimentos precoce de antigos momentos da história da humanidade, lembranças de vidas em outras “dimensões”, habilidades para falar diferentes idiomas, dons para a arte, música, medicina, cura, ajudar aos menos favorecidos e outros.



(...)Estas crianças trazem instalada no seu corpo, vinda do plano da alma, uma voltagem muito mais alta do que as gerações anteriores. Aquilo que, para nós, eram momentos de inspiração, de activação, de electrificação, experiências de clímax, é o estado básico, pelo menos no sentido vital, destas crianças. Elas nascem super-animadas, saturadas de uma vibração anímica. (...) os Índigo trazem, activado neles, um sistema energético compatível com esta saturação de energia. Trazem um sistema de acumulação, de fixação e transporte de energia, diferente do nosso sistema comum, o que fez com que a Medicina os classificasse como portadores de desordem, de hiperactividade, atenção e concentração. Eles, porém, estão a processar dias em minutos, porque a Terra “já só tem minutos”. Eles são uma emanação espontânea da Mãe Terra como se a Mãe Terra dissesse: “As próximas centelhas de luz a encarnar têm de vir superiormente artilhadas com uma resposta energética”. (Fonte: Casa Índigo)


Encontramos rica literatura (em outros idiomas) que discorre sobre essas crianças, mas apenas citamos três livros: "A Nova Geração: A visão Espírita sobre as crianças índigo e cristal", de Divaldo Franco e Vanessa Anseloni; “Crianças Índigo: Uma Visão Espiritualista” da autoria de Rosana Beni; Crianças Índigo de Jan Tober e Lee Carroll.

Nos livros citados, os autores nos esclarecem sobre essas crianças; por exemplo, Rosana Beni afirma que a maior parte das crianças nascidas nos últimos 20 anos está encarnando com o “DNA de alma” modificado. São essas crianças que vão comandar uma nova terra, resgatando os valores humanitários. A autora cita alguns fatos reais.

Jan Tober e Lee Carrol em seu livro “Crianças Índigo” nos alertam que essas crianças preparadas na espiritualidade estão nascendo por toda a parte e têm como missão ajudar a construir um “mundo novo”.

Divaldo Franco nos apresenta ensinamentos sobre essa nova geração de espíritos reencarnados, nos trazendo esperança de um mundo melhor.

Esse pequeno ensaio nos conforta em saber que Deus ainda acredita na humanidade. Fazendo renascer aqui em nosso planeta “seres iluminados” que podem mudar o destino da Terra.

Beijos na Alma,

Simone Anjos


Bibliografia Indicada:

Franco, Divaldo e Anseloni, Vanessa: A Nova Geração: A visão Espírita sobre as crianças índigo e cristal.
Beni, Rosana: Crianças Índigo - Uma Visão Espiritualista.
Tober, Jan e Carroll, Lee: Crianças Índigo.
Guerra, Tereza: Crianças Índigo e Cristal.

Links para artigos relacionados ao assunto:
Akrit Jaswal, um ser iluminado
Boriska Borelli - Criança Índigo
Akiane Kramarik
Crianças Índigo
Imagem: http://www.dreamstime.com/

13 comentários:

  1. Tem selinho nota 10 lá pra vc amiga.

    beijooo

    ResponderExcluir
  2. Simone,

    Obrigada pela visita e comentário.
    O seu blog é muito interessante.
    Interesso-me bastante sobre o tema das crianças índigo porque acredito plenamente que elas trazem uma missão e são bastante incompreendidas. Muito oportuno este texto.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  3. ola mina brigada pleo carinho lindo os textos como sempre e fico feliz por vc gostr od meu espaço tenho algo la para vc beijos, clap, clap!!

    ResponderExcluir
  4. Anônimo23/6/09

    eu sou psicóloga e estou atualmente atendendo um menino de 3 anos que acredito ser índigo, ou algo semelhante. Gostaria de saber se existe alguma instituição para dar apoio a pais e profissionais que lidam com esse tipo de fato. Principalmente orientações sobre atividades que os concentram.

    ResponderExcluir
  5. Prezado(a) amigo(a) anônimo(a),
    Vou tentar entrar em contato com pessoas que já escreveram sobre o assunto e repassar a sua questão, aqui no Brasil, ou indicar profissionais no exterior. Escreva para o meu e-mail de contato no meu perfil que brevemente darei alguma resposta. Estamos juntos para melhorar o nosso planeta e ajudar essas crianças, com certeza, fará uma grande diferença. Obrigada pelo contato.

    ResponderExcluir
  6. Anônimo23/8/09

    Vi a reportagem do fantástico sobre o Akrit, então me interessei pelo assunto, vim pesquisar e acabo vendo esse texto sobre crianças Índigo e confesso que só aumentou meu interesse para o futuro da humanidade. Estou feliz, mas, apreenssivo. Só peço a Cristo para que tenhamos tempo de nos adaptar...

    ResponderExcluir
  7. Caro anônimo,
    Creio que não há motivos para apreensão, pois tudo está acontecendo rapidamente no planeta terra, as coisas boas e as ruins. Há pressa para o crescimento espiritual de todos nós. Essas crianças já nasceram muitas vezes e agora, estão vindo para: alertar, educar, consolar a todos sobre as grandes mudanças que passarão o planeta. É preciso que tenhamos fé firme em Cristo Jesus.
    Beijos na sua alma,

    ResponderExcluir
  8. Anônimo26/6/10

    Fantastico seu comentário;como viver~ao essas crianças isoladas umas das outras nesta transiçao;que o Cristo de Deus nos abençoe e ilumine cada conciencia;Beijos no coraçao que é a morada do Espirito;haja paz ,com amor Ana Maria Juiz de Fora.

    ResponderExcluir
  9. jeisiane12/5/12

    olá simone estava pesquisando sobre criança indigo e vi sua pagina tenho um filho de 4 meses ele é uma criança indigo confeço que não sei muito a respeito e e´muito dificil lidar com isso sem orientação gostaria de saber se tem musicas que acalmem essas crianças que façam relaxar, como devo agir que brinquedos delo dar.?? me ajude por favor desde já obrigada
    a espero que possa me mandar sujestões pelo meu email é jeisy18@gmail.com me chamo jeisiane..

    ResponderExcluir
  10. Olá Jeisiane,
    Grata pela visita.
    Estou enviando a resposta para o seu e-mail.
    Beijos na alma,

    ResponderExcluir
  11. Simone, boa noite meu nome é Patrícia ...tenho uma filha de 18 anos Gabriela e agora tenho um bebe super feliz, Matheus de 9 meses, ele é uma criança indico! Sei pq frequento uma casa de luz onde por intermedio do Dr, Bezerra de Menezes ele nasceu...Um cigano dessa casa me disse que meu bebe é indigo e acredito, pq ele só sorri é super feliz de bem com a vida e super espero, ja ate anda, e reconhece cada um da familia desde que chegou da maternidade, ele tem muitas lembranças de vidas passadas ainda em aberto...Pois bem gostaria de saber como lidar com isso, como conversar com ele, falamos muito do espiritismo com ele, ele adora, presta atenção apesar de ser só um bebe...mas como agir , falar brincar...eu me sinto mãe de primeira viagem pq a diferença de 18 anos entre minha filha e ele, e sem contar que é totalmente diferente um do doutro...bjus adoro seu site.....meu email é: patymunizgomes@gmail.com

    ResponderExcluir
  12. Olá Patrícia,
    Logo abaixo do texto, na bibliografia indicada, aparecem os nomes de alguns livros nos quais você pode se aprofundar sobre o assunto. As crianças especiais que estão nascendo nessa década são cristais, violeta...porém, pra mim, ainda a melhor forma de educar uma criança é com bons exemplos, diálogo, limites, confiança entre pais e filhos, e, sobretudo amor. Nessa história toda, o mais importante é que o seu bebê é feliz, e que ele seja uma criança, um adolescente, e, futuramente, o adulto pleno e feliz.
    Obrigada pela visita, volte sempre!
    Seja feliz com a sua linda família.

    ResponderExcluir
  13. Linda postagem.
    Um assunto muito interessante.
    E que venham mais anjos para ajudar a nossa caca,o planeta terra.
    O mundo precisa muito dessas novas almas.
    Bjs

    ResponderExcluir

O seu comentário é muito importante para mim. Obrigada!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Anjos do Toque

Toques Iluminados e Amigos