20 de out de 2010

Divagações

Indagações, divagações.
Céu azul, sol ardente.
Suave e cálida brisa que invade a minha alma e encontra o vazio.
Hoje me encontro assim, apática, divagando entre um pensamento e outro, sem me fixar em nada.

Querendo mudanças, internas e externas,
são tantas as questões a serem revistas.
Vida, bela vida, com tantos caminhos, tantos meandros.

Um dia sobe, outro desce, igual a gangorra, igual a Roda da Samsara. E aqui estou eu, talvez fugindo do agora, percorrendo pelo passado sem volta, viajando pelo futuro incerto. Sinto a presença de Maya, com o seu véu superficial, querendo me enredar.

Sinto-me, por algum momento, prestes a ceder aos seus encantos, como é mais fácil não lutar, entregar-se e viver ao sabor das ondas...
Como não sucumbir aos artífices sedutores de uma vida ilusória, sem verdades, sem pensar, sem atuar, ser conduzida...

“Pai, afasta de mim este cálice!”. É preciso resistir, não resistindo, aceitar, não aceitando, lutar não matando, nem morrendo.

Tomar as rédeas da minha verdade, da minha vontade, da minha direção...
E assim seguir a vida, a doce e bela vida.

Só divagações.

Beijos na alma,
Simone Anjos

Imagem: Free2use.it


4 comentários:

  1. Grandiosas divagações... Lembro-me relativamente da roda da Samsara, mas não lembro nada de Maya.

    ResponderExcluir
  2. acabou sendo postado o comentário assim mesmo. Eu tava na conta da minha amiga e nem percebi. kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  3. Olá Débora ou Dija,kkkkkk

    Obrigada pelas visitas.

    A Roda da Samsara vem do Sânscrito e nas filosofias indianas significa o ciclo de renascimentos (reencarnações), no qual a alma se liberta somente quando alcançar a perfeição. (vulgarmente mais ou menos isso, porque o significado é muito mais abrangente dentro do Hinduísmo, do Budismo e do Jainismo , apesar de diferirem na forma de interpretar cada uma dessas escolas ). Para quem tem interesse no assunto, sugiro ver o significado de Samsara dentro do prisma do “Vedantismo”, do “Budismo Tibetano” e “Samsara como metáfora psicológica”.

    O conceito de Maya é outra expressão da filosofia Hindu, no Ocidente é traduzida superficialmente como ilusão, porém há um significado muito mais sutil e profundo, como bem explica um artigo da Sociedade Teosófica: “O que é ilusório não são as coisas em si mesmas. A ilusão está em nossa incapacidade de perceber as coisas como são em seu próprio nível de realidade. Nós as vemos de forma distorcida, de acordo com nossas limitações sensoriais e nossos condicionamentos. Isso não significa que as coisas “não existam”, e sim que não podemos percebê-las como são em si mesmas.”

    Não conseguimos enxergar o que existe por trás das coisas, com seus reais significados devido a limitação dos nossos precários sentidos, bem como o restrito uso da nossa capacidade mental. A realidade a nossa volta é muito mais abrangente, e em um acontecimento existem diferentes fatos que interagem em seu resultado. Por isso, ainda segundo a Sociedade Teosófica “ Maya é um atributo criativo do aspecto feminino da divindade: são os véus de Ísis que nenhum mortal poderia erguer, porque seria necessário que um homem se elevasse acima de sua condição de mero mortal, para poder ver e compreender o que existe sob os véus de Ísis”.

    Desta forma, “Maya é muito mais do que a ilusão dos sentidos. É o poder formador e plasmador de todos os cenários e de todos os aspectos “externalizados” de tudo que existe. É a capacidade infinita da mente universal de criar imagens caleidoscópicas para o fluxo da existência. Nossa incapacidade de decodificar essas imagens e ver sua realidade intrínseca é que faz com que Maya pareça ser para nós a grande ilusão”. (Fonte Sociedade Teosófica)


    Para saber mais visite o link: http://www.sociedadeteosofica.org.br/bhagavad/site/livro/cap37.htm

    beijos na alma,

    ResponderExcluir
  4. Oiee Simone....o importante nas divagações, é sempre achar um meio de ir em busca de um recomeço...a principio é como fazer uma grande faxina, vc tem que pra limpar tirar tudo do lugar, ver o que não acrescenta mais nd àquele ambiente, limpar fazer algumas modificações....e assim se sentir pronta e aberta pra novas mudanças..."Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo"-Mário Quintana...
    Linda semana pra ti!
    Adorei tua visita no meu caminhar, seja sempre bem vinda.
    Bjs

    ResponderExcluir

O seu comentário é muito importante para mim. Obrigada!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Anjos do Toque

Toques Iluminados e Amigos