2 de out de 2012

Revolução da Alma

Ninguém é dono de sua felicidade, por isso: não entregue sua alegria, sua  paz e sua vida nas mãos de ninguém, absolutamente ninguém!

Somos livres, não pertencemos a ninguém e não podemos querer ser donos dos desejos, das vontades ou dos sonhos de quem quer que seja. A razão da sua vida é você mesmo. A sua paz interior é a sua meta de vida.

Quando sentir um vazio na alma, quando acreditar que ainda está  faltando algo, mesmo tendo tudo, remeta seu pensamento para os seus desejos mais íntimos e busque a divindade que existe em você. 

Pare de colocar sua felicidade cada dia mais distante de você. Não coloque objetivos longe demais de suas mãos, abrace os que estão ao seu alcance hoje. 

Se anda desesperado por problemas financeiros, amorosos ou  de relacionamentos familiares, busque em seu interior a resposta para  acalmar-se. Você é reflexo do que pensa diariamente. 

Sorrir significa aprovar, aceitar, felicitar. Então abra um sorriso para aprovar o mundo que quer oferecer a você o melhor. Com um sorriso no rosto as pessoas terão as melhores impressões de você, e você estará afirmando para você  mesmo,  que está "pronto“ para ser feliz.

Trabalhe, trabalhe muito a seu favor. Pare de esperar a felicidade sem esforços. Pare de exigir das pessoas aquilo que nem você conquistou ainda. Critique menos, trabalhe mais. 

E, não se esqueça nunca de agradecer. Agradeça tudo que está em sua vida neste momento,  inclusive a dor. Nossa compreensão do universo ainda é muito pequena para julgar o que quer que seja na nossa vida.
A grandeza não consiste em receber honras, mas em merecê-las.

Se você anda repetindo muito: “eu preciso tanto de você” ou, “você é a razão da minha vida”  -  cuide-se.

A inteligência é a insolência educada.   

Nosso caráter é o resultado de nossa conduta.  

Egoísmo não é amor, mas sim, uma desvairada paixão por nós próprios. 

O homem sábio não busca o prazer, mas a libertação das preocupações e sofrimentos. Ser feliz é ser auto-suficiente.Seja senhor de sua vontade e escravo da sua consciência.


(Texto de Paulo Roberto Gaefke)

Nota: Recebi esse texto como sendo de  filosofo grego Aristóteles, porém encontrei outra fonte que informa que é de Paulo Robeto Gaefke, controvérsias a parte, vamos refletir no teor da mensagem. 


Imagens pesquisadas na web, havendo direitos autorais, favor nos avisar para darmos os devidos créditos ou as retirarmos do blog.

2 comentários:

  1. Olá!Boa tarde!
    Simone!
    Tudo bem?
    Belo texto para reflexão!
    ...de certa forma, somos responsáveis pelo que se passa em nossas vidas, uma vez que temos o livre arbítrio, que pode nos levar às escolhas feitas, sejam boas ou más...penso, também, que felicidade é algo que se constrói internamente, que tem a ver em compreender o valor da vida. É um sentimento que se alimenta das pequenas coisas,e sendo interna, é necessário, em primeiro lugar, ter a segurança de que ela não incomode ninguém à sua volta, e nem cause danos e dores a qualquer pessoa...
    Obrigado!Bom final de semana
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. A felicidade está numa relação direta com o amor que por sua vez está numa relação dieta com a liberdade. Quando nos colocamos ao dispor de outro ser, ao invés de nos dispormos a nós mesmos, indiponibilizamos o nosso processo do crescimento que é justo o que nos dignificará para a liberdade, para o amor e para a felicidade que estão sempre ao nosso dispor, ainda que não nos disponibilizemos a eles.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir

O seu comentário é muito importante para mim. Obrigada!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Anjos do Toque

Toques Iluminados e Amigos