25 de set de 2013

O Encanto


Qual a razão desse encanto, meu amor? Será que são os teus olhos negros, misteriosos como a noite? Ou será esse teu sorriso enigmático que não revela os teus sentimentos? Ah, saber eu não sei, decifrar é impossível, pois precisaria adentrar em tua alma e descobrir no recôndito do teu ser. 

Mas nada disso tem importância, o que importa é o fascínio que você me causa quando estou na tua presença, quando compartilho do mesmo ar que você respira, quando sou fixada pelo teu olhar profundo ou quando você simplesmente sorrir, mesmo sem eu saber se o faz para mim.

Ah, meu amor, que pena, você não é o meu amor, você é o amor da vida, do mundo. Um ser livre que voa sem asas pelos braços de outros amores, de outros encantos, buscando novas paragens...
Um ser livre, enigmático, com grande magnetismo, não nasceu para um amor, nasceu para os amores dos amores, para brilhar, cercado de outros seres, porém sozinho. 
Um ser obscuro que não permite que revelem o poder do teu encanto, inatingível, intocável, mas arrebatador...
Simone Anjos

Imagem pesquisada na web, havendo direitos autorias, favor nos avisar para darmos os devidos créditos ou a retirarmos do blog.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O seu comentário é muito importante para mim. Obrigada!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Anjos do Toque

Toques Iluminados e Amigos