27 de jan de 2014

SÍNTESE

Não te enganes irmão,
A sorte é mera ilusão.
E não duvides,
O destino não é acaso,
Pura opção, construção.
Não te admires irmão,
A existência no corpo físico,
Alternativa de vida,
E não te surpreendas, pois,
   É causa perdida, transição,
E Deus a tem na mão.
 II
O livre arbítrio, tua escolha,
Possibilidades de agir ou não.
O vaso carnal, material,
Instrumento de ação.
E não tenhas medo irmão,
A morte somática é inevitável,
Libertação da alma, 
                              Imaterial, eterna, imortal,                     
Que caminha serena ou não,
Na sua evolução,
Em busca  da perfeição.
 
(Por Alfer Sant)*

Pensamentos:
1- Apesar do livre arbítrio, muitas vezes tornamo-nos instrumentos da vontade imperativa e soberana de Deus.
2- O que denominamos de bem e mal não é negação um do outro, nem tudo o que estiver de acordo ou não com a natureza humana, são vicissitudes da vida, forças que operam para o equilíbrio cármico dos espíritos encarnados e desencarnados. (Por Alfer Sant)

*Alfer Sant é  pseudônimo usado pelo autor do texto que é doutrinador espírita há mais de 40 anos.

Imagem pesquisada na web, havendo direitos autorais, favor nos avisar para darmos os devidos créditos ou a retirarmos do blog.

Um comentário:

  1. SIMONE,

    que beleza de texto do Alfer Sant.
    A espiritualidade Simone é a nossa melhor forma de transcendermos ao mundo material e a única forma de nele ficarmos de pé.
    Um abração carioca.

    ResponderExcluir

O seu comentário é muito importante para mim. Obrigada!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Anjos do Toque

Toques Iluminados e Amigos