29 de jun de 2014

Para ter um destino feliz, depende de ação e renovação.

Se você está querendo mudar a sua situação atual, a primeira atitude a tomar é "esvaziar" a sua mente e começar a colocar os pensamentos em perfeita ordem. Para "esvaziar" a mente do acúmulo de pensamentos negativos, tais como ciúme, raiva, ódio, injúria, basta perdoar, mas perdoar de verdade. 
(Do livro Amor e Dedicação a um ideal)
Imagem pesquisada na web, havendo direitos autorais favor nos avisar para darmos os devidos créditos ou a retirarmos do blog.

18 de jun de 2014

O Amor Cobre


"...e o amor cobre..."(Pv 10:12)
"Segui o amor..." (1 Co. 14:1)
"Certa ocasião, já era meia-noite e eu não conseguia conciliar o sono, por causa de uma cruel injustiça que havia sofrido, e cuja lembrança me atormentava. O amor que cobre todas as transgressões parecia ter fugido do meu coração. Então, em agonia, clamei a Deus, pelo poder para obedecer à sua determinação: "O amor cobre". Imediatamente, o Espírito Santo começou a operar em mim, o poder que produziu o esquecimento. Mentalmente cavei um túmulo. Tirei a terra até fazer uma cova profunda. Depositei ali dentro a mágoa que me faria. Depressa joguei a terra por cima. Suave me veio o sono depois disso. A ferida quase mortal foi sarada sem uma cicatriz, e hoje não sei o que me causou a dor." (Extraído do livro "Mananciais no Deserto, Lettie Cowman). 
Imagem pesquisada na web, havendo direitos autorais, favor nos avisar para darmos os devidos créditos ou a retirarmos do blog.

15 de jun de 2014

O Ignorante

O que é Buda? (Desperto) É o ignorante. Ele sabe que é totalmente ignorante. Ele despertou para a própria ignorância.

O que é um iludido? É aquele que está convicto de que sabe das coisas. É aquele que ainda não despertou para o fato de que não sabe nada. Mas se houver a experiência do despertar para a sua ignorância então um iludido se transformará facilmente em um Buda.

Portanto, a distância que separa um Buda e um iludido é mínima. O primeiro é aquele que já despertou para a sua e o segundo é aquele que se considera ainda suficientemente sábio perante a vida.

Um Buda é aquele que está sempre em busca do caminho. É aquele que se considera um eterno aprendiz da vida porque existe um reconhecimento de que é completamente incapaz de conhecer a verdade e assim sempre está à procura do caminho. Por outro lado, um iludido é aquele que não se esforça na busca do caminho e no aprendizado da vida porque seu espírito está possuído de uma natureza estática e sempre estacionado em algum lugar pensando que já possuiu ou adquiriu conhecimento suficiente sobre algo na vida.

A força do Buda está no fato de seu espírito estar determinado na busca contínua do aprendizado e do verdadeiro caminho. Por outro lado, a vulnerabilidade do iludido está nele ser preguiçoso e negligente no buscar porque é condescendente, autossuficiente “sábio”. Em suma a diferença entre os dois é aquele entre o buscador e o negligente.

Um Buda vê a si próprio como um ignorante porque compreende plenamente que não é possuidor de um conhecimento perfeito em que se poderá apoiar como uma âncora. Ele não tem nenhuma ideia fixa sobre algo e muito menos apego às coisas. Se um ignorante acreditar firmemente que é possuidor de conhecimentos estará atado na própria sabedoria. Se o astuto despertar para a realidade da vida de que não sabe absolutamente de nada se tornará um ser plenamente livre no trato com as coisas do mundo. SHUICHI MAIDA (extraído do livro “Quem é o Mau? O Mau e Sua Salvação na Ótica do Budismo Shin”)  Fonte: Sobre  Budismo
Imagem pesquisada na web, havendo direitos autorais, favor nos avisar para darmos os devidos créditos ou a retirarmos do blog.

14 de jun de 2014

Exemplo de confiança em Deus


Em um certo dia o Pastor Jaime de Amorim relatou uma história em um culto que chamou a atenção:
Uma senhora muito pobre telefonou para um programa de rádio cristão pedindo ajuda. Um bruxo do mal que ouvia o programa resolveu pregar-lhe uma peça. Conseguiu seu endereço, chamou seus secretários e ordenou que fizessem uma compra e levassem para a mulher, com a seguinte orientação: Quando ela perguntar quem mandou, respondam que foi o diabo! Ao chegarem na casa, a mulher os recebeu com alegria e foi logo guardando alimentos. Os secretários do bruxo, conforme a orientação recebida, lhe perguntaram:
- A senhora não quer saber quem lhe enviou estas coisas?
A mulher, na simplicidade da fé, respondeu:
- Não, meu filho.. Não é preciso. Quando Deus manda, até o diabo obedece!
Percebe-se a confiança e a determinação desta senhora, que o tempo inteiro não duvidou.
“Porque em verdade vos digo que qualquer que disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar, e não duvidar em seu coração, mas crer que se fará aquilo que diz, tudo o que disser lhe será feito.” (Marcos 11 : 23)
Se você pediu, não queira saber como vai acontecer, ou o que Deus vai fazer. Só creia, confie e Ele te dará o que você precisa. (Fonte: Amaje Portal, o Portal da Mulher)

Cuidar da Fé

"Eu porém, roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça..."(Lc 22.32)

Nós, os crentes, precisamos cuidar da fé; devemos lembrar-nos de que ela é o único meio de que dispomos para alcançar as bênçãos do alto. A oração só obtém a resposta do trono de Deus, quando é feita por uma pessoa que crê. A fé é o fio telegráfico que liga a terra ao céu, pelo qual a mensagem de amor da parte de Deus voa tão rápido que, antes de clamarmos, ele responde, e estando nós ainda falando, ele nos ouve. Mas se o fio telegráfico se romper, como receberemos a promessa? Estamos aflitos? Pela fé podemos obter ajuda na aflição. Fomos vencidos pelo inimigo? Pela fé podemos nos firmar no Refúgio que é Cristo. 
(Extraído do Livro Mananciais do Deserto, Lettie Cowman).
Imagem pesquisada na web, havendo direitos autorais favor nos avisar para darmos os devidos créditos ou a retirarmos do blog.

13 de jun de 2014

Gentileza gera Gentileza

 Atos de gentileza mostram que o mundo pode ser melhor

Estamos cansados de visitar sites de notícias ou ligar a TV e ver coisas ruins acontecendo todos os dias,  a maioria delas causada por humanos.
Infelizmente o mundo está cheio de pessoas ruins e parece que nada podemos fazer quanto a isso, mas será que demonstrar e compartilhar atos de amor e generosidade ajudam um pouco?
 1 – Uma jovem egípcia ajuda um filho de vendedor de rua a aprender a ler
atos-bondade-1

2 – Um estudante virou uma cadeira humana para uma senhora que precisava sentar quando eles ficaram presos num elevador

atos-bondade-2

3 – Essa pessoa impediu que o carro do seu vizinho fosse encharcado

“Você deixou a janela aberta, então coloquei um saco nela para manter o interior do carro seco. Tenha um bom dia! Do seu amigável vizinho, Gilligan”
atos-bondade-3

4 - Este homem lê todos os dias na hora do almoço para um colega de trabalho que não pode ler

atos-bondade-4

5 – Essa ação no dia dos namorados

Flores grátis para alguém que você ama
atos-bondade-5

6 – Um homem deixou de correr para pegar o trem para ajudar essa senhora com suas malas

atos-bondade-6

7 – O dono de um falecido cachorro que adora os animais e quer lembrar as pessoas de aproveitarem cada momento com seus cães

“Em memória de Phoebe
Por favor, pegue uma bola de tênis para seu cachorro se divertir. Você pode colocá-la de volta na caixa para que outros cães brinquem também. Lembre-se de viver cada momento como o seu cachorro: com amor incondicional, lealdade e alegria.”
atos-bondade-7

8 – Este senhor pegou uma grande guarda-sol da mesa mais próxima para ajudar essas senhoras a chegarem no carro

atos-bondade-8

9 – O homem que ensina novamente o alfabeto à sua esposa depois dela ter perdido a memória devido a um AVC

atos-bondade-9

10 – Essa mulher comprou duas refeições para compartilhar um momento com um morador de rua

atos-bondade-10

11 – Um bombeiro arriscou a vida para salvar o amado gato de uma senhora

atos-bondade-11

12 – Esse espanhol viu seu oponente reduzir a velocidade por achar que tinha cruzado a linha de chegada…

atos-bondade-12

…e ao invés de ultrapassá-lo, o guiou para o fim da corrida. “Como ele não fala espanhol, não entendia quando todo mundo dizia para ele continuar correndo”

atos-bondade-12-1

13 – Um senhor ajudando uma tartaruga a atravessar a avenida em segurança

atos-bondade-13

14 – Esse corajoso policial se algemou a uma mulher que queria se suicidar e jogou a chave fora para certificá-la de que ela não morreria sozinha. Este ato a convenceu a mudar de ideia (wow!!!)

atos-bondade-14
15 – Um barbeiro de 82 anos leva sua cadeira e ferramentas para uma parque toda quarta-feira…
atos-bondade-15

…seu pagamento? Um simples abraço

atos-bondade-15-1

16 - Cameron Lyle era uma estrela de atletismo da faculdade…

atos-bondade-16

…mas desistiu da chance de competir na final pela qual treinou por 8 anos…

atos-bondade-16-1

…quando descobriu que sua medula óssea era compatível com a de um homem de 28 anos que sofria de leucemia

atos-bondade-16-2

17 – A multidão se unindo para ajudar um cadeirante durante o Laneway Festival, em Melbourne

atos-bondade-17

18 - Este homem que avistou um bebê golfinho encalhado…

atos-bondade-18

…e o ajudou a voltar ao mar

atos-bondade-18-1

19 – Essa loja que disponibiliza pontos de energia para as pessoas carregarem seus celulares na rua

Você pode carregar seu celular, se você quiser
atos-bondade-19

20 - O policial que ajuda além de suas funções

atos-bondade-20

21 – Esse menino ganhou um grande concurso de caça ao tesouro, que teve o trabalho de um verão inteiro…

atos-bondade-21

…e doou o prêmio para sua pequena vizinha, que lutava contra leucemia. “Quanto de quimioterapia 1.000 dólares pode comprar?”, perguntou à mãe da garota

atos-bondade-21-1

22 – Esse cara encontrou as economias de 5 mil dólares de uma senhora dentro da sua geladeira jogada no lixo e devolveu todo o dinheiro pessoalmente

atos-bondade-22

23 – O motociclista que parou para ajudar um idoso a atravessar a rua

atos-bondade-23

24 – O mendigo que percebeu que um anel de noivado de diamante havia caído em seu copo…

atos-bondade-24

…e aguardou a dona voltar para devolver. O casal lançou uma campanha que arrecadou dinheiro suficiente para ajudá-lo a se reerguer

atos-bondade-24-1

25 – Durante um protesto, um cachorro foi atingido acidentalmente com gás lacrimogêneo e todos pararam para ajudá-lo

atos-bondade-25

26 – O cara que encontrou quatro coelhos bebês abandonados, levou-os para casa e cuidou deles até que estivessem prontos para partir

atos-bondade-26

27 – O homem que ficou descalço para ajudar o próximo

“Vi um homem sem sapatos no ônibus, quando um muçulmano entrou e sentou-se ao lado dele. O muçulmano tirou os sapatos e as meias e entregou-lhe, dizendo: ‘Eu não preciso deles e moro perto.’ Então desceu do ônibus antes que o homem pudesse dizer obrigado.” A segunda foto mostra ele indo embora com os pés descalços
atos-bondade-27

28 – O prefeito de Chicago, Rahm Emanuel, interrompeu a entrevista de emprego por telefone de uma moça para ajudar a recomendá-la

atos-bondade-28

29 – Os passageiros japoneses que se uniram para resgatar uma mulher que caiu debaixo do trem. Além de salvar uma vida, o trem se atrasou apenas por 8 minutos

atos-bondade-29

30 – No Brasil, mais precisamente na Bahia, em uma manifestação durante  greve da Polícia Militar, o general Gonçalves Dias pediu: “Por favor, não briguem, não no meu aniversário…”

atos-bondade-30

…pouco depois, um grupo de manifestantes o surpreendeu com um bolo

atos-bondade-30-1


Este post só foi possível porque Ana Ventura em um ato de gentileza nos enviou por e-mail e compartilho gentilmente com vocês. (Não sei se autoria é da Ana, então desconheço o autor) Imagens fazem parte do e-mail recebido, desconheço os autores.

Beijos na alma,
Simone Anjos

10 de jun de 2014

Vai passar

Certa vez li em algum livro a história de um rei que vivia ansioso e insatisfeito. Um dia, um de seus conselheiros lhe deu um anel que trazia, embaixo da pedra, uma mensagem. Entretanto, a recomendação era que ela fosse lida apenas em duas circunstâncias: quando tudo parecesse perdido ou quando tudo parecesse perfeito.

Tempos depois, aquele reino entrou em guerra com outro. A situação não estava boa, a munição e os mantimentos estavam acabando e o rei percebeu que estava perdendo a guerra. Em um momento limite, ele estava escondido das tropas inimigas em um pequeno bosque e tinha certeza de que seria feito prisioneiro e, talvez, executado. Naquele instante de desespero, ele se lembrou do anel, girou a pedra e leu a mensagem: "Isto vai passar".

Para sua surpresa, os soldados inimigos não o viram, ele se salvou. Depois conseguiu reagrupar seu exército, obteve um aliado forte, voltou à luta e recuperou o reino, ficando muito mais poderoso do que era antes. No meio da grande festa da vitória, entre danças, comidas e risadas, ele se lembrou de novo do anel. Dessa vez girou a pedra no outro sentido e leu a mensagem: "Isto também vai passar". 

Afinal, permanente é o nome que o provisório usa para passar despercebido. Se hoje você se encontra em uma posição privilegiada na vida: rico, político, empresário, líder, amanhã tudo pode mudar. O mesmo para aquela situação difícil: desempregado, desesperado, só, abandonado, depressivo... Isso também passa! A questão é o que você esta fazendo e contribuindo para que tudo isso ao passar seja bom ou ruim? A vida é uma eterna dança de cadeiras: hoje sentado, amanhã em pé e chegará o dia que estaremos deitados (no caixão), meditemos enquanto é tempo!( Marcelo, o psicanalista).
Imagem pesquisada na web, havendo direitos autorais, favor nos avisar para darmos os devidos créditos ou a retirarmos do blog.

3 de jun de 2014

Iluminação

Quando você escuta pela primeira vez a palavra iluminação, muitos conceitos diferentes surgirão na sua mente. Pode ser que você pense que a iluminação é reservada para os santos, sábios, monges e para todos os outros incontáveis rótulos que são dados aos seres libertos ou aos que transcenderam o modo de vida "comum humano". Você talvez veja a iluminação como sendo um estado extraordinário que exige uma vida de constante meditação numa caverna; desse modo, você a exclui instantaneamente como opção na sua jornada espiritual. De fato, existem muitas definições, descrições e processos associados à palavra "iluminação" pela literatura filosófica e pelas religiões. Boa parte dessas informações se articula numa linguagem intelectual, complexa e desgastante, que tende a afastar o indivíduo normal, alguém como você e eu, da busca pela iluminação ou libertação. Por isso, vou expressar aqui a iluminação nos meus termos; termos simples, breves e que estão disponíveis para qualquer ser humano que caminha sobre esta Terra.

A iluminação não é algo que podemos descobrir na nossa busca externa por prazer. A iluminação não está nos bens materiais, no dinheiro, no prestígio, na fama ou no poder. Ela sempre existiu dentro de você e sempre será parte de todo ser humano. Na realidade, cada indivíduo é e sempre será iluminado ou liberto; apenas é necessário perceber e cultivar essa iluminação na vida diária. Então, por que não vemos e vivemos assim, se assim somos? Bem, há uma névoa escura sobre o nosso ser liberto, criada pelas ilusões do ego e pelo falso condicionamento do mundo à nossa volta. O nosso ser verdadeiro, infinito e iluminado foi encoberto pelo ego, que nada mais deseja senão nos roubar a perfeição que nascemos para ter. 

Debaixo do manto negro do ego há uma ser luminoso que irradia amor, compaixão e paz por todo o Universo. Essa é a perfeição que existe no nosso coração. Se descobrirmos esse ser, poderemos nos banhar no calor e na tranquilidade da iluminação. Ser iluminado é apenas a capacidade de mergulhar no momento, esse que você está vivendo agora, e entrar em harmonia com a unidade de tudo o que nos cerca. É estar aqui e agora, sem os apegos e as ilusões do ego. É mergulhar no presente, sem viver o passado ou o futuro ilusórios. É começar uma aventura espontânea cheia do significado, do propósito e de pura alegria que já estão presentes na sua alma. Você pode já ter vivido todas essas coisas ao apreciar a beleza milagrosa de um pôr do sol, ao passar um tempo inestimável com seus filhos ou ao fazer algo de que você realmente gosta. Sim, essas coisas são vislumbres da iluminação. São os momentos em que você parou de intelectualizar, reclamar, criticar, julgar e de se separar do mundo. Durante esses momentos, você foi libertado do sofrimento que você mesmo criou e que costuma intensificar, e entrou em comunhão direta com o Universo. Você foi o Universo. O Universo foi você. Os raios de luz banharam de repente o seu ser iludido e lhes permitiram saborear a doçura da libertação. Felizmente, isso tudo está disponível para você permanentemente. Você pode ter a iluminação a qualquer momento. Você é a iluminação, e é iluminado. 

(Texto extraído de Joias Espirituais da Sabedoria Oriental, de Richard A. Singer)

Imagem pesquisada na web, havendo direitos autorais, favor nos avisar para darmos os devidos créditos ou a retirarmos do blog.

1 de jun de 2014

SAWABONA, SHIKOBA


Há uma tribo africana que tem um costume muito bonito. Quando alguém faz algo prejudicial e errado, eles levam a pessoa para o centro da aldeia, e toda a tribo vem e o rodeia. Durante dois dias, eles vão dizer ao homem todas as coisas boas que ele já fez.
A tribo acredita que cada ser humano vem ao mundo como um ser bom. Cada um de nós desejando segurança, amor, paz, felicidade. Mas às vezes, na busca dessas coisas, as pessoas cometem erros.
A comunidade enxerga aqueles erros como um grito de socorro.
Eles se unem então para erguê-lo, para reconectá-lo com sua verdadeira natureza, para lembrá-lo quem ele realmente é, até que ele se lembre totalmente da verdade da qual ele tinha se desconectado temporariamente: "Eu sou bom". Sawabona Shikoba!
SAWABONA, é um cumprimento usado na África do Sul e quer dizer:
"Eu te respeito, eu te valorizo. Você é importante pra mim"
Em resposta as pessoas dizem SHIKOBA, que é:
"Então, eu existo pra você"
(Desconheço a autoria)
Leia também: Umuntu ngumuntu nagabantu = "Uma pessoa é uma pessoa por causa das outras pessoas". Ditado sul africano da tribo Ubuntu
Imagem pesquisada na web, havendo direitos autorais, favor nos avisar para darmos os devidos créditos ou a retirarmos do blog.

Deixando o corpo

Transcrevo esse trecho do livro "Espíritos entre nós" de James Van Praagh porque acho interessante como ele descreve a experiência da morte com base nos contatos dele com espíritos, pois ele tem a mediunidade desde a infância. Acredito que ao ler esse texto muitas pessoas vão ficar mais tranquilas em relação a partida de um ente querido, pois muitas ficam se perguntando se o familiar sofreu, ou sentiu dor no momento da transição. A intenção de compartilhar esse texto é somente levar conforto aos corações sofridos.

"A morte é o grande desconhecido. No decorrer da vida, nossas crenças religiosas e culturais nos fazem desenvolver tantas ideias preconcebidas sobre a morte que, quando o fim se aproxima, não temos um entendimento verdadeiro sobre esse grande acontecimento. Ainda que a experiência de morte de cada pessoa seja específica, posso dizer, com base em minha comunicação com os espíritos, que há uma incrível semelhança nessa transição.

  • Independentemente da forma de morte - homicídio, doença, acidente, suicídio ou velhice -, existe um fator constante que se repete. Ninguém sente dor ao morrer. Nunca me canso de repetir isso para as pessoas. Na verdade, é a ausência de dor que confunde muitos dos que acabaram de morrer, porque eles não percebem que se foram.
  • Ninguém fica sozinho na hora da morte. Quando saímos do corpo, nossos entes queridos que já faleceram vêm nos receber. Talvez tenham se passado vários anos desde que os vimos pela última vez, mas os laços afetivos que nos uniam na Terra continuam muito presentes do outro lado.
  • Na hora da morte, muitos têm a sensação de estarem cercados de luz brilhante e de serem puxados através de um túnel. As pessoas descrevem essa luz como sendo Deus ou um ser que tudo sabe. Algumas sentem a luz é pura paz, alegria e amor. Em vez da luz, alguns espíritos falam de gloriosas cores celestiais, diferentes de tudo o que já viram.
  • Há uma imediata sensação de não existirem mais os limites do corpo físico. A vida anterior simplesmente desaparece, e é substituída pela consciência de uma "renovação" de vida.
  • Finalmente, quando estamos às portas da morte, parece haver uma imediata alteração de tempo-espaço. Os espíritos habitam uma dimensão atemporal, etérea e transparente. O tempo na Terra continua a passar, mas para o espírito tudo acontece no agora.
(...) É incrível como ficamos apegados aos nossos estados emocionais e mentais. Culpa, raiva e ressentimento mantêm nossas almas em prisões auto-impostas, mesmo depois da morte. Para que possamos seguir adiante, devemos aprender a perdoar os outros e a nós mesmos.

O período que é vivido na Terra serve para o aprendizado. Do ponto de vista espiritual, tudo o que se espera de nós é que amemos a nós mesmos, não de forma narcisista, mas nos valorizando por sermos seres espirituais. Estamos aqui para fazer o melhor que pudermos e para tratar os outros com compaixão e bondade. O nível humano é uma grande escola onde nossas almas podem aprender e crescer, se formos capazes de compreender isso, nossa transição para o outro lado será fácil e alegre.

Com o tempo, espíritos presos à Terra acabam esgotando todos os seus desejos terrenos e passam a ter vontade de experimentar algo mais. Isso acontece quando já estão prontos para passar para dimensões espirituais e mentais mais elevadas".

(Trecho extraído do livro Espíritos entre nós de James Van Praagh)
Imagem pesquisada na web, havendo direitos autorais, favor nos avisar para darmos os devidos créditos ou a retirarmos do blog.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Anjos do Toque

Toques Iluminados e Amigos