13 de set de 2009

SELO: SOMOS TODOS IRMÃOS



Recebi este selo "SOMOS TODOS IRMÃOS”, da amiga Maria José do blog http://arcadoconhecimento.blogspot.com/
Essa corrente solidária de amor, igualdade e fraternidade me faz lembrar um texto de Sonia Café:
“(...) O que nos motiva pode ser um intenso e ardente desejo de amar e ser amado, uma expressão consciente de amor fraterno e amigo ou um amor abrangente e incondicional que podemos permitir que flua através de nós para tudo e para todos (...)”. Afinal SOMOS TODOS IRMÃOS.

Fiquem a vontade para levar o selo e espalhar essa corrente de amor entre os seus amigos.

Beijos na Alma,

Simone Anjos

Literatura Indicada:
Café, Sonia – O Livro das Atitudes, pg.25.

Um comentário:

  1. ERA A TARDE MAIS LONGA DE TODAS AS TARDES
    QUE ME ACONTECIA
    EU ESPERAVA POR TI, TU NÃO VINHAS
    TARDAVAS E EU ENTARDECIA
    ERA TARDE, TÃO TARDE, QUE A BOCA,
    TARDANDO-LHE O BEIJO, MORDIA
    QUANDO À BOCA DA NOITE SURGISTE
    NA TARDE TAL ROSA TARDIA
    QUANDO NÓS NOS OLHÁMOS TARDÁMOS NO BEIJO
    QUE A BOCA PEDIA
    E NA TARDE FICÁMOS UNIDOS ARDENDO NA LUZ
    QUE MORRIA
    EM NÓS DOIS NESSA TARDE EM QUE TANTO
    TARDASTE O SOL AMANHECIA
    ERA TARDE DE MAIS PARA HAVER OUTRA NOITE,
    PARA HAVER OUTRO DIA.
    MEU AMOR, MEU AMOR
    MINHA ESTRELA DA TARDE
    QUE O LUAR TE AMANHEÇA E O MEU CORPO TE GUARDE.
    MEU AMOR, MEU AMOR
    EU NÃO TENHO A CERTEZA
    SE TU ÉS A ALEGRIA OU SE ÉS A TRISTEZA.
    MEU AMOR, MEU AMOR
    EU NÃO TENHO A CERTEZA.
    FOI A NOITE MAIS BELA DE TODAS AS NOITES
    QUE ME ACONTECERAM
    DOS NOCTURNOS SILÊNCIOS QUE À NOITE
    DE AROMAS E BEIJOS SE ENCHERAM
    FOI A NOITE EM QUE OS NOSSOS DOIS
    CORPOS CANSADOS NÃO ADORMECERAM
    E DA ESTRADA MAIS LINDA DA NOITE UMA FESTA
    DE FOGO FIZERAM.
    FORAM NOITES E NOITES QUE NUMA SÓ NOITE
    NOS ACONTECERAM
    ERA O DIA DA NOITE DE TODAS AS NOITES
    QUE NOS PRECEDERAM
    ERA A NOITE MAIS CLARA DAQUELES
    QUE À NOITE AMANDO SE DERAM
    E ENTRE OS BRAÇOS DA NOITE DE TANTO
    SE AMAREM, VIVENDO MORRERAM.
    EU NÃO SEI, MEU AMOR, SE O QUE DIGO
    É TERNURA, SE É RISO, SE É PRANTO
    É POR TI QUE ADORMEÇO E ACORDO
    E ACORDADO RECORDO NO CANTO
    ESSA TARDE EM QUE TARDE SURGISTE
    DUM TRISTE E PROFUNDO RECANTO
    ESSA NOITE EM QUE CEDO NASCESTE DESPIDA
    DE MÁGOA E DE ESPANTO.
    MEU AMOR, NUNCA É TARDE NEM CEDO
    PARA QUEM SE QUER TANTO!

    ResponderExcluir

O seu comentário é muito importante para mim. Obrigada!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Anjos do Toque

Toques Iluminados e Amigos