21 de nov de 2010

Desencontros

Quantas trilhas andei,
escalei montanhas, caminhos desviei,
a direita, a esquerda, à deriva, à margem do caminho, fiquei.

Onde estava você? Por onde andava que não percorreu o meu caminho?
Nem, ao meu lado, esteve. Noites claras, afora vaguei a sua procura, você, sorrateiramente, de mim se desviava.


Pelo seu sorriso procurei, pelos beijos não dados, suspirei, e você onde estava?
Que não ouvia a minha voz, o seu nome, gritar.
Quantas idas, quantas vindas, tantos desencontros.
Só agora você aparece, no outono, no inverno, nas frias estações.
Na impossibilidade do possível!

Que nos resta? A distância? O sofrimento e a dor? Quão espinhoso é o caminho do amor e seus desencontros.

Simone Anjos

Imagem retirada do Blog Canção Nova

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O seu comentário é muito importante para mim. Obrigada!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Anjos do Toque

Toques Iluminados e Amigos