26 de fev de 2010

Se fosse fácil amar...


Se amar fosse fácil, não haveria tanta gente amando mal, nem tanta gente mal amada.

Se amar fosse fácil, não haveria tanta gente com fome, nem tantas guerras, nem gente sem sobrenome.

Se amar fosse fácil, não haveria crianças nas ruas sem ter ninguém, nem haveria orfanatos porque as famílias serenas adotariam mais filhos.

Se amar fosse fácil, não haveria esposas mal amadas e nunca ninguém negaria o que jurou num altar, nem haveria divórcio, nem desquite, jamais...

Se amar fosse fácil, não haveria assaltantes e as mulheres gestantes não tirariam seu feto, nem haveria assassinos...

Mas o amor é um sentimento que depende de um “eu quero” seguido de “um espero”...

Mas a vontade é rebelde, o homem, um egoísta que maximiza seu “eu” por isso, o amor é difícil.

Jesus Cristo não brincava quando nos mandou amar. E, quando morreu amando deu a suprema lição.

Não se ama por ser fácil, ama-se porque é preciso!

(Autor desconhecido)


OBS: Recebi essa mensagem por e-mail, sem a autoria, caso alguém conheça, favor informar.

Imagem: Jovens-e-missao.blogspot.com

23 de fev de 2010


E foi assim que conheci Dona Zuzu...

Singelo sorriso, pequenina no tamanho, mas alma grande, olhar infinito que nos revela sabedoria, do alto dos seus 84 anos de vida, aquela senhorinha me conquistou.

Fitou-me nos olhos e disse: “Minha filha, tenha fé você vai se operar e vai dar tudo certo”.

Palavras confortadoras que vieram daquela “benzedeira” lá de Porto de Sauípe – BA.

Mas a minha surpresa foi enorme e perguntei-lhe: “Como a senhora sabe que preciso fazer uma cirurgia?

Ela apenas sorriu e disse-me: “Eu sei, mas não se preocupe, você vai ficar boa. Você tem fé em Jesus?”

E assim deu-se o nosso primeiro encontro...

Sintonia...
Captação de pensamentos?

Mistérios... entre almas sintonizadas, afins.

Um encontro mágico com aquele anjo bom, de bela alma, cheia de luz e amor.

Fiquei a imaginar como o mundo seria maravilhoso se tivéssemos mais Donas Zuzus da vida.

Profundas,
Simples,
Belas,
Singelas,
Sabias,
Amorosas...


Que sabe compartilhar o “dom” que a vida (Deus) lhe deu. Rezando, benzendo, curando, corpo, mente e almas que precisam de conforto, palavras amigas, simples, mas sabias.

Dona Zuzu é a benzedeira de Porto de Sauípe, quem visitar aquele lugar deve conhecê-la e beber um pouco da sua simplicidade, beleza de espírito e sabedoria de alma...

Beijos Dona Zuzu, hoje, sou mais rica espiritualmente só por ter tido o privilégio de lhe conhecer.

Simone Anjos
Imagem: Praia da Barra - Porto de Sauípe - BA, by Simone Anjos

21 de fev de 2010

A Vida é Assim...

A Vida é Assim...
Por Antonio Francisco Costa*

A vida é assim, porque Deus quer assim,
Nascem pessoas e algumas viram gente!
Sensíveis, amáveis e sempre presente,
No começo, no seu trajeto e até o fim.

O fim, porque tudo um dia se desfaz...
Nada é eterno, senão o universo...
Porque se não para os poetas, em verso,
Compreendê-lo, somente Deus é capaz.

Pessoas que nascem e não passam de pessoa...
Simples seres, ligeiramente, animados,
Insensíveis, por opção, autistas e desalmados
Alheias à voz divina que no mundo ecoa.

Estas não querem saber o que é amor,
Entender o que venha a ser partilha!
Só quando por meio de armadilha,
Para dividir com os outros a sua dor.

Banham-se na vaidade e no orgulho
Que somente elas sabem de que!
Não se apercebendo que virará entulho,
Desde a aproximação da hora de morrer.

Gente! Gente não, gente é diferente!
Gente tem alma, espírito, não tem sanha...
Antevê o futuro, tem sentimentos e sonha.
Porque do amor, é a própria semente.

Gente sabe que Deus é o único Pai,
Que todos nós, seus filhos, somos irmãos,
Que entre nós não pode haver desunião,
Se não o nosso castelo de sonhos cai.

Gente só pensa no bem, não faz traição,
Anda firme e sem desconfiança,
É compreensível e tem tolerância
Prefere enxergar com os olhos do coração.

E desta forma vive sempre feliz...
Buscando viver em comunhão
Não padecerá do mal, jamais, da solidão,
Porque foi assim que Deus nos quis.

Gente navega na sublime leveza espiritual
Nas virtudes da gratidão e do amor
É capaz de perdoar a tudo que lhe foi a desfavor
Acredita no bem depois de todo mal

Não se maldiz com as coisas da natureza
E nada no mundo lhe parece feio...
Todos são bons quando estão em seu meio,
E seu mundo é um paraíso de eterna beleza

Tem um coração de enorme grandeza
De sentimento fraterno e compreensão
Abrigando a todos, como irmão,
Onde Deus faz morada, com certeza.

É uma honra e prazer imenso postar esse sábio poema aqui em nosso espaço, um verdadeiro presente. O poema “A Vida é assim” foi gentilmente oferecido pelo autor para postarmos aqui no Toque do Anjo. Obrigada Professor Costa.

*Sobre o autor: Antonio Francisco Costa é advogado, Professor Universitário, escritor, compositor, poeta e cantor.
Imagem:free2use-it.com

18 de fev de 2010

A Estrelinha...


Havia milhões de estrelinhas no céu. Estrelas de todas as cores: brancas, prateadas, verdes, douradas, vermelhas e azuis...

Um dia, elas procuraram Deus e lhe disseram:
- Senhor Deus, gostaríamos de viver na Terra entre os homens.

- Assim será feito, respondeu o Senhor. Conservarei todas vocês pequeninas como são vistas e podem descer para a Terra.

Conta-se que, naquela noite, houve uma linda chuva de estrelas. Algumas se aninharam nas torres das igrejas, outras foram brincar com os vaga-lumes nos campos; outras misturavam-se aos brinquedos das crianças e a Terra ficou maravilhosamente iluminada.

Porém, passando o tempo, as estrelas resolveram abandonar os homens e voltar para o céu, deixando a Terra escura e triste.

Por que voltaram? Perguntou Deus, à medida que elas chegaram ao céu.

- Senhor, não nos foi possível permanecer na Terra. Lá existe muita miséria e violência, muita maldade, muita injustiça...

E o Senhor lhes disse:

- Claro! O lugar de vocês é aqui no céu. A Terra é o lugar do transitório, daquilo que passa, daquilo que cai, daquele que erra, daquele que morre, nada é perfeito. O céu é o lugar da perfeição, do imutável, do eterno, onde nada perece.

Depois que chegaram todas as estrelas e conferindo o seu número, Deus falou de novo:

- Mas está faltando uma estrela. Perdeu-se no caminho?

Um anjo que estava perto retrucou:

- Não Senhor, uma estrela resolveu ficar entre os homens. Ela descobriu que o seu lugar é exatamente onde existe a imperfeição, onde há limite, onde as coisas não vão bem, onde há luta e dor.

- Mas que estrela é essa? Voltou Deus a perguntar.

- É a Esperança, Senhor. A estrela verde. A única estrela dessa cor.

E quando olharam para a Terra, a estrela não estava só. A Terra estava novamente iluminada porque havia uma estrela verde no coração de cada pessoa. Porque o único sentimento que o homem tem e Deus não tem é a Esperança.

Deus já conhece o futuro, e a Esperança é própria da pessoa humana, própria daquele que erra, daquele que não é perfeito, daquele que não sabe como será o futuro.

Receba neste momento esta estrelinha em seu coração.

A Esperança

A sua estrela verde.

Não deixe que ela fuja, nem se apague.

Tenha certeza que ela iluminará o seu caminho.

(Desconheço o autor)

Queridos,

Nunca deixem de ter esperança em dias melhores. Tudo na vida passa: a dor, o sofrimento, a saudade, a tristeza, tudo passa, menos o Amor de Deus e a Esperança de que na Vida tudo se renova...

Felicidades e beijos na alma...

Simone Anjos
Imagem: Imagechef.com

11 de fev de 2010

Renúncia a um amor...

“Difícil no amor é saber renunciar”
(Nelson Gonçalves)
Renuncio a um amor querido, mas não vivido,
Renuncio a esse amor pelas infinitas dificuldades.

Pela distância, pela separação, apesar da união de pensamentos, da comunhão de almas...

Renuncio a esse amor por não poder alimentá-lo, cuidar como ele merece ser cultivado...

Renuncio a esse amor bandido, proibido, não compreendido...

Renuncio a este amor não por covardia ou pelas suas implicações...
Renuncio por altruísmo, renuncio ao amor, por amor.
Até parece contradição, mas o que seria de ti e de mim? Duas almas penadas a viverem entre o céu e o inferno das nossas consciências. Te respondo eu, meu amor:

O amor não pode ser plantado e sustentado na culpa, no medo, no arrependimento.
Deve ser leve, vivido por inteiro, sem meio-termo, nem delongas. Mas que me adianta ter a bravura da guerreira do amor? Sozinha de nada adiantaria.

Renuncio a esse amor pelo outono dos seus dias e pelo inverno dos meus...

Renuncio a este amor por duas letras do alfabeto que insistem a se interpor entre nós. Estão presentes na Vida e na Morte. Duas forças que têm poder sobre nossos destinos.

Destroem corações,
Decretam noites perdidas,
Insones a rolar na cama.
Dilaceram almas pela dor da saudade.

Fazem-nos trocar de pele pelo sofrimento da separação.

Por tudo isso, por muito mais... eu renuncio a esse amor, ao nosso amor.

Salvador, Ba, 08/02/2010.
Simone Anjos

Imagem: ImageChef

10 de fev de 2010

Torradas Queimadas


"Quando eu ainda era um menino, ocasionalmente, minha mãe gostava de fazer um lanche, tipo café da manhã, na hora do jantar. E eu me lembro especialmente de uma noite, quando ela fez um lanche desses, depois de um dia de trabalho, muito duro.

Naquela noite longínqua, minha mãe pôs um prato de ovos, linguiça e torradas bastante queimadas, defronte ao meu pai. Eu me lembro de ter esperado um pouco, para ver se alguém notava o fato. Tudo o que meu pai fez, foi pegar a sua torrada, sorrir para minha mãe e me perguntar como tinha sido o meu dia, na escola.

Eu não me lembro do que respondi, mas me lembro de ter olhado para ele lambuzando a torrada com manteiga e geléia e engolindo cada bocado.

Quando eu deixei a mesa naquela noite, ouvi minha mãe se desculpando por haver queimado a torrada. E eu nunca esquecerei o que ele disse:

" - Amor, eu adoro torrada queimada..."

Mais tarde, naquela noite, quando fui dar um beijo de boa noite em meu pai, eu lhe perguntei se ele tinha realmente gostado da torrada queimada. Ele me envolveu em seus braços e me disse:

" - Companheiro, sua mãe teve um dia de trabalho muito pesado e estava realmente cansada... Além disso, uma torrada queimada não faz mal a ninguém. A vida é cheia de imperfeições e as pessoas não são perfeitas. E eu também não sou o melhor marido, empregado, ou cozinheiro!"

O que tenho aprendido através dos anos é que saber aceitar as falhas alheias, escolhendo relevar as diferenças entre uns e outros, é uma das chaves mais importantes para criar relacionamentos saudáveis e duradouros.

Essa é a minha oração para você, hoje. Que possa aprender a levar o bem ou o mal colocando-as aos pés do Espírito Santo. Porque afinal, ele é o único que poderá lhe dar uma relação na qual uma torrada queimada não seja um evento destruidor."

De fato, poderíamos estender esta lição para qualquer tipo de relacionamento: entre marido e mulher, pais e filhos e com amigos.

Não ponha a chave de sua felicidade no bolso de outra pessoa, mas no seu próprio. Veja pelos olhos de Deus e sinta pelo coração dele; você apreciará o calor de cada alma, incluindo a sua.

As pessoas sempre se esquecerão do que você lhes fez, ou do que lhes disse. Mas nunca esquecerão o modo pelo qual você as fez se sentir."

(autor desconhecido)

Antes de brigarmos ou reclamarmos por qualquer coisa, vamos nos colocar no lugar do outro, pois não sabemos os problemas e dificuldades que aquela pessoa está passando. Essa é uma mensagem que nos faz refletir por toda a vida o que realmente tem valor: as pessoas à nossa volta, são os verdadeiros presentes que temos de mais caro e precioso...

Beijos na Alma,
Simone Anjos
Imagem Google

8 de fev de 2010

Encante-se!


Encante-se!Nunca perca o prazer de se encantar.

Celebre! Cada novo dia.
Cultive! Tudo que você recebeu de bom.

Entre em contato com você. Toque-se, ame-se, esteja em paz consigo.
Seja criativo! A criatividade sempre ajuda.

Planeje! Não ande sem rumo. Tenha metas alcançáveis.
Abra novas portas sem medo.

Trabalhe com afinco. Nunca desista! Só perde quando se desiste.
Lute! Nada nos é dado de graça e, se for, talvez não tenha valor.

Encontre um lugar só para você. Relaxe, você precisa.
Brinque! Você precisa de alegria.
Curta! Saiba aproveitar.

Encante-se! Nunca perca o prazer de se encantar.
Aprenda! Com certeza ainda há muito que aprender.

Descarte! Existem coisas que não precisamos carregar conosco: ódio, inveja, rancor, mau-humor, tristezas...

Sonhe! A vida não é nada sem eles.
Busque! Procure com ardor o que deseja.

Ame! Mas ame de verdade e com toda a força do seu Ser.
Ore! O sentido da vida está em Deus.

Seja Feliz! Isso depende de você, muito mais do que você pensa.

(Autor desconhecido).

Sabemos que a vida não é um parque de diversão, mas podemos aproveitar tudo de bom que ela nos oferece.
Beijos na Alma,
Simone Anjos

2 de fev de 2010

Hino Celta ao Amor, à Amizade.

Fadas

Lembra sempre de esquecer os amigos que se revelaram falsos, porém nunca se esqueças de lembrar aqueles que permaneceram fiéis.

Lembra sempre de esquecer os problemas que já passaram, porém nunca se esqueça de lembrar as coisas boas de cada dia.

Que o dia mais triste de teu futuro não seja pior que o dia mais feliz de teu passado.

Que o teto nunca caia sobre ti e que os amigos reunidos debaixo dele nunca partam.

Que sempre tenhas palavras cálidas em um anoitecer frio, uma lua cheia em uma noite escura, e que o caminho sempre se abra à tua porta.

Que vivas cem anos, com um ano extra para arrepender-te.

Que o futuro te guarde nas suas “mãos”, e não aperte muito os dedos.

Que teus vizinhos te respeitem, os problemas de abandonem, os teus amigos te acompanhem, e a saúde não te falte.

E que a sorte das colinas Celtas (ou do seu país) te abrace.

Que nunca te arrependas de ter nascido. Que a tua consciência esteja leve e o teu coração pesado de amizades e amor.

Que a boa sorte te persiga, e a cada dia e cada noite tenhas muros contra o vento, um teto para a chuva, bebidas junto ao fogo, risadas que consolam aqueles que amas, e que teu coração se preencha com tudo o que desejas.

Que vejas os filhos de teus filhos, que o infortúnio te seja breve e te deixe rico de saudades.

Que não conheças nada além da felicidade, deste dia em diante...

Que tenhas muitos anos de vida, perseguindo a Amizade, a Solidariedade e a paz entre todos os Seres Humanos...

Que o caminho venha ao teu encontro. Que o vento sopre às tuas costas e a chuva caia suave sobre teus campos.


E até que voltemos a nos encontrar, que o futuro te sorria constantemente. Que vivas todo o tempo que queres e que sempre possas viver plenamente.

Lembra sempre de esquecer as coisas que te entristeceram, porém nunca esqueças de lembrar aquelas que te alegraram.

... e assim seja a cada ano e para sempre!

Nota: Esse é o hino da boa sorte, vamos invocá-lo...
Beijos na Alma,
Simone Anjos

Obs: Recebi esse texto por e-mail, sem o nome de quem o traduziu e adaptou para o idioma português.

 

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Anjos do Toque

Toques Iluminados e Amigos